sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Viva la vida.

O bom de viver sinceramente é descobrir as facetas da vida. Olha para o passado e perceber como as coisas passaram tão rápidas e o quanto a vida toma formas e rumos diferentes. Olhar a vida em um ângulo diferente e compreender que é os autos e baixos dela que a torna tão mágica. Porque na real, seria estranho se as pessoas fossem felizes ou infelizes o tempo todo, as pessoas felizes nunca enxergariam a parte ‘malcriada’ da vida e as infelizes talvez morressem sem sentir o prazer de sorrir, e convenhamos isso seria uma barbaridade.
O bom de viver é trazer as pessoas amadas sempre no pensamento, e mesmo quando a saudade bate ter a convicção de que tudo aquilo que estamos vivendo naquele momento, por mais doloroso que seja está valendo a pena. E virá momento de questionamentos, mas esses mesmos questionamentos trarão as respostas de que precisamos.
O bom é sentir aquele friozinho na barriga, tenso sem saber o futuro, ansioso pra sabe como as coisas se findarão.
O bom é ser levado pela vida...

Vestir o melhor sorriso e apenas viver.

1 comentários:

Janine França disse...

Adorei o post. Realmente você tem razão: O bom é ser levado pela vida. ;D

Postar um comentário